Paróquia de Palhais/Santo António

O que é um Discípulo Missionário

O que é um Discípulo Missionário

Será que estamos todos a falar a mesma linguagem quando falamos em “discípulos-missionários”?

Nos Evangelhos, vemos Jesus a falar “à multidão e aos discípulos”. O texto bíblico dá-nos a entender que há uma diferença entre aqueles que se aproximam de Jesus sem investimento pessoal, só por curiosidade ou por conveniência (a multidão); e os que seguem Jesus (os discípulos).

Hoje, nas igrejas, continuamos a encontrar a multidão e os discípulos. Temos uma multidão que aparece quando precisa (para batizar, casar, um funeral, uma missa pelas suas intenções, para bodas de casamento, pedir um conselho ou um documento) e temos os discípulos, em número bastante inferior. As paróquias devem investir nessas pessoas que querem ser discípulas de Jesus, pois são elas quem irão levar o amor de Jesus à multidão.

Os discípulos estão na linha da frente, com fogo no coração, desejosos que mais pessoas conheçam Jesus e O sigam. Os discípulos são aqueles que estão envolvidos na vida da comunidade de fé, que servem, que convidam os amigos, que rezam e fazem caminho em pequenos grupos, que são generosos e apoiam a missão da igreja local. A sua alegria contagia todos e fazem com que a luz da paróquia ilumine melhor a sociedade local.

Então, como é um discípulo-missionário maduro?

Um discípulo-missionário é alguém que teve um forte encontro pessoal com Jesus e decidiu submeter a Ele toda a sua vida e segui-lO; é alguém que diz “sim” ao amor e à vontade de Deus. Que permite que a sua vida seja transformada por esta relação com Deus e o seu amor.

Estás no caminho para ser discípulo-missionário… e nós queremos ajudar-te!

Por isso, propomos que entres no “jogo”, e descubras o “Game Plan”.

Também te convidamos a olhar para os seguintes tópicos e a pensar um bocadinho na tua vida…

Um tem uma forte relação com Jesus e…

Vive a Oração e Adoração

Quando Jesus morreu na cruz, o véu foi rasgado ao meio. Como cristãos, podemos aproximar-nos de Deus em oração, e saber que Ele responderá. Além do diálogo com Ele, um cristão agradece e louva a Deus no seu dia-a-dia (e consegue fazê-lo em voz alta, sem ter um ataque de pânico) e celebra a Eucaristia.

” Conservem sempre a alegria, vivam permanentemente em oração e deem graças a Deus por tudo…” (1 Tessalonicenses 5,16-18)

“Cantem e louvem ao Senhor com o vosso coração” (Efésios 5,19)

“Reuniam-se diariamente no templo… Partiam o pão… Davam louvores a Deus”

(Atos 2,46-47)

Serve

Não somos chamados a ser consumidores de missas, de sacramentos, de religião. Um discípulo-missionário procura oportunidades para servir os outros, dentro e fora da comunidade de fé, como Jesus.

“Ponham-se ao serviço uns aos dos outros, praticando o amor de Cristo.” (Gálatas. 5,13)

“Dividiam o dinheiro entre todos, de acordo com as necessidades de cada um”

(Atos 2,45)

É generoso

Deus pede que os crentes sejam generosos nas ofertas. Um cristão maduro investe na Igreja local e nas missões, com alegria. Reconhece que tudo vem de Deus e dá a Deus o melhor que recebe, não as sobras.

“Com efeito, quem pouco semeia pouco poderá recolher. Mas quem semear muito há de recolher muito. Que cada um dê conforme julgar bem na sua consciência. Quem dá com alegria agrada a Deus.” (2 Coríntios 9,6-7)

Não vive isolado

Os cristãos não podem crescer na fé desligados uns dos outros, desligados da comunidade. Precisamos da Igreja, tanto na grande assembleia (nas missas), como nos pequenos grupos que se reúnem nas casas! Juntos, crescemos com mais saúde.

“E não faltemos às nossas reuniões. Alguns têm por hábito faltar…” (Hebreus 10,25)

“As minhas saudações igualmente para os crentes que se reúnem em casa.” (Romanos 16,5)

“Os crentes viviam unidos… Partiam o pão ora numa casa ora noutra, comendo juntos com alegria e simplicidade de coração”

(Atos 2,44.46)

É curioso, e quer saber mais

Um discípulo-missionário, está sempre pronto para aprender mais. Ama as Escrituras, lê livros, participa em cursos e formações para crescer e aprofundar a sua fé e os conhecimentos religiosos e bíblicos, para saber dar as razões da sua fé a quem o interpelar.

“Todos participavam fielmente no ensino dos apóstolos”

(Atos 2,42)

Conhece, ama e segue a Palavra

Os discípulos estão ligados à Palavra de Deus e procuram aplicá-la à sua vida.

“Ponham a palavra de Deus em prática e não se contentem com ouvi-la.” (Tiago 1,22)

Evangeliza

Jesus quer que os verdadeiros crentes sejam discípulos-missionários. E isso não é só para padres e freiras. É para todos, pois um seguidor de Jesus não consegue guardar para si a alegria de conhecê-lO. Anuncia a todos que Jesus é o Senhor, lança as redes e faz discípulos. Partilha a sua fé com os outros, a partir das suas experiências pessoais de vida com Jesus. Sabe que a sua vida é um campo de missão!

“O Filho do Homem veio buscar e salvar os que estavam perdidos.” (Lucas 19,10)

“Vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos…” (Mateus 28,19)

“Cada dia que passava, o Senhor aumentava o número dos que recebiam a salvação”

(Atos 2,47)

Está aberto aos dons do Espírito Santo, dá frutos e irradia alegria

Os discípulos de Jesus são reconhecidos ​​não pelas missas, nem pelos conhecimentos de teologia, liturgia, santos ou bíblia, mas pelos frutos e alegria.

“O Espírito produz amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, modéstia, autodomínio.” (Gálatas 5,22-23)

“Os discípulos ficaram cheios de alegria e do Espírito Santo.” (Atos 13,52)

Como se vê, ser discípulo-missionário não é fruto do acaso, de uma herança cultural ou de uma peregrinação.

É muito mais do que seguir regras religiosas, ir à missa ou ‘ser bom’ para ganhar o céu.

Ser discípulo-missionário é fazer uma decisão pessoal e consciente de seguir Jesus, numa comunidade de fé, numa paróquia.

Pessoas transformadas,
transformam as paróquias.
Paróquias transformadas,
transformam o mundo.

Na Paróquia de Palhais/Santo António, esperamos que cada paroquiano se comprometa à oração, à aprendizagem contínua, ao serviço, ao relacionamento e à generosidade.