Paróquia de Palhais/Santo António

Vivemos num tempo em que as pessoas ficam ofendidas com muita facilidade,seja pelo modo como são tratadas no supermercado, seja por diferenças de pensamento, ou porque há feridas causadas por palavras ou ações.

As ofensas são inevitáveis. Se não estivermos atentos, podem ser armadilhas que nos deixam mergulhados na mágoa, na raiva, na indignação, no ciúme, no ressentimento, no ódio, na amargura.

Viver ofendidos impede-nos de viver com alegria a vida que queremos viver. Para viver a vida que Deus deseja que vivamos, devemos aprender a evitar a armadilha de sermos ofendidos.

Episódios

Semana 1

O Evangelho diz-nos que Jesus foi tentado no deserto durante 40 dias. Depois Ele disse: “O reino de Deus está próximo. Arrependam-se e acreditem nas boa nova.”

Neste episódio, veremos o tema da ofensa e como todos somos tentados a viver na armadilha da ofensa, embora a tentação pareça diferente para cada um de nós. Todos nós caímos na armadilha de sermos ofendidos e, em seguida, ficamos presos nela, produzindo mau fruto na vida.

Neste episódio, vamos convidar as pessoas a identificarem os momentos da vida onde permitiram que a ofensa ganhasse o controlo e vamos refletir sobre o que as ofende.

Semana 2

Na vida, seremos testados como Abraão.

Semana 3

A verdade também nos pode ofender! A nossa cultura é tão diplomática que nem nos esforçamos em dizer as verdades.

Jesus estava sempre a ofender as pessoas. E sabia disso! No evangelho, Jesus faz uma revolução dentro do Templo de Jerusalém, ao virar as mesas.

Se temos um propósito na vida e vivemos para agradar os outros, vai dar confusão! Nem toda a gente vai gostar, mas o que tem de ser, tem muita força!

E quando ofendemos os outros? Que fazer?

Semana 4

Quando ficamos ofendidos, pensamos que temos direito a algo, como prejudicar o outro. Ao fazer isso, retiramos a Graça da vida.

Deus tinha todo o direito de ficar muito ofendido pela forma como vivemos, como O prejudicamos e O ferimos. Mas Ele não fica preso a isso. Como resposta, enviou o seu próprio Filho para nos reconciliar com ele. O Seu filho humilhou-se para se tornar num Homem.

Neste episódio, veremos a importância de responder com a Graça a quem nos ofende, como Deus fez. Jesus estava sempre a ofender as pessoas. E sabia disso! No evangelho, Jesus faz uma revolução dentro do Templo de Jerusalém, ao virar as mesas.

Se temos um propósito na vida e vivemos para agradar os outros, vai dar confusão! Nem toda a gente vai gostar, mas o que tem de ser, tem muita força!

E quando ofendemos os outros? Que fazer?

Semana 5

Na leitura de Jeremias (31,31-34), Deus promete dar às pessoas um novo coração. Em última análise, é isso que nós queremos. Pedimos a Deus que nos dê um novo coração que não se ofenda tão facilmente. Precisamos expulsar a ofensa que está nos nossos corações para que possamos viver com a Graça e o Amor de Deus.